quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Leitura da mensagem do Executivo marca abertura dos trabalhos da Câmara de Mazagão


Gestor fez uma prestação de contas do ano de 2017 e falou das perspectivas para 2018

Prefeito Dudão Costa se manifesta durante a sessão solene que marcou retorno dos trabalhos dos vereadores
Gabriel Penha - de Mazagão Novo
Aconteceu na manhã desta quinta-feira, 8, sessão solene que marcou a abertura dos trabalhos legislativos do ano de 2018 da Câmara Municipal de Mazagão. Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente da Casa, vereador José Hosana Silva (PSB).
Na ocasião, também foi lida a mensagem do Executivo municipal pelo prefeito Dudão Costa (PPL), que compareceu ao Plenário acompanhado de parte da equipe de governo. Antes da abertura, o vice-prefeito David Nunes fez a leitura de uma mensagem de paz.

O primeiro a dar as boas vindas em nome do parlamento mirim foi o vereador Luis Antônio Balieiro, do PDT. Ele ressaltou que para 2018 espera que os poderes possam trabalhar juntos para desenvolver o município. Já o vereador Binho Oliveira, do PMDB, lembrou que “todos são responsáveis para melhoria de Mazagão” e que espera “um ano de muita prosperidade para o município”.
A vereadora Vera Monteiro (PPL) ratificou a importância do diálogo entre os poderes, bem como com a população para uma administração mais justa e qualitativa. João Paulo, da REDE, argumentou que somente os entes municipais trabalhando juntos as coisas boas podem acontecer.

Fabrício Flexa, do PROS fez uma breve fala, dizendo-se feliz pelo retorno dos trabalhos parlamentares e pediu desculpas ao público, por estar com problemas na voz e não poder concluir o pronunciamento. Carlos Calango (PMDB) não fez udo da palavra. O vereador se recupera de um problema de saúde. Os vereadores Leonício Filho (PSDB), Benedito Braga (PMDB) e Nazaré Vieira (PP) justificaram a ausência.
O vice-presidente Elcimar Braga (PR) destacou a independência dos poderes, mas também defendeu o diálogo e respeito mutuo para que haja harmonia entre ambos.

O último a discursar foi o presidente José Hosana, que fez um breve retrospecto da atuação do legislativo mirim durante o ano de 20187. Lembrou que a atual legislatura é composta de perfis plurais e isso garante um discurso heterogêneo para aquele poder.
Para 2018, uma das principais metas é colocar a Câmara de Mazagão na era digital, “Em 2017 tivemos um servidor capacitado e para este ano estamos buscando apoio junto ao Senado Federal para a implantação de nosso portal, com as ferramentas de transparência e outras previstas em lei”, assinalou Hosana.
Prefeito é sabatinado pelos vereadores após discurso e apresentação de mais de uma hora de duração

Prestação de contas
O prefeito Dudão Costa iniciou o discurso abordando a importância da Câmara e lembrou que também já foi vereador. Disse que busca conduzir a gestão pautado no trabalho em equipe e nas reivindicações populares. Falou que recebeu a gestão em situação delicada e que isso foi agravado ainda mais com a crise nacional.

Recebemos um Município em situação delicada. Mas foi, também, um ano de muito aprendizado, onde reforçamos o compromisso de cada colaborador, para melhorar a qualidade de vida de nossa população e o desenvolvimento de nossas potencialidades”, argumentou o prefeito.
Dudão ainda relatou a queda de pelo menos 50% do Fundo de Participação dos Municípios, o FPM, uma das principais receitas da administração municipal. Disse que vai procurar intensificar as conversações com as diversas esferas – governo estadual, justiça, bancada federal, parlamento estadual e o legislativo municipal.

Tivemos dificuldades em relação à contabilidade, em especial à prestação de contas de algumas obras”, disse, acrescentando que vislumbra 2018 como ano de retomada do crescimento brasileiro.
O prefeito fez uma apresentação mostrando os principais avanços da gestão em diversas áreas. Na saúde, destacou a volta de diversas especialidades, como pediatria, ginecologia e odontologia que não estavam sendo ofertadas à população, além da normalização do estoque de medicamentos e ações em comunidades do interior e a iminente aquisição de uma UBS fluvial; na educação, reformas e revitalizações de escolas das zonas urbana e rural, garantia de transporte e merenda escolar e construção de duas escolas no interior.

Na pasta de obras e infraestrutura, o destaque foi para a mobilidade urbana, com ênfase no asfaltamento e bloquetamento de ruas, além manutenção da limpeza na sede do município e interiores, construção de passarelas, construção da Casa do Agricultor, dentre outras. Na cultura, Dudão lembrou que a atual gestão apoio e atuou na realização dos mais importantes eventos, como aniversários de Mazagão Velho e Mazagão Novo, quadra junina, Festa de São Tiago, Dia do Evangélico, retorno do Réveillon, e mais.

Na agricultura, pontuou a limpeza e manutenção dos ramais e o apoio à produção e escoação junto aos agricultores. Na área de assistência social, o recadastramento dos programas sociais, do novo espaço ocupado pela pasta e coordenadorias, além de execução dos programas em todo o município.

O último ponto foi o servidor público. Lembrou que o pagamento está e dia e que negocia salários atrasados de 2016. Reforçou os esforços do Município no processo de transposição para o quadro da União, além de tentar normalizar o funcionamento da Mazagão Prev.
A sessão foi encerrada por volta de 11h3o.

Nenhum comentário:

Postar um comentário